<$BlogRSDURL$>

..::: Verso & Prosa :::..

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

 NOTA PRÉVIA

Uma das coisas que mais me emocionam,
é saber que quase todas as coisas me emocionam.
Entre elas estão algumas especiais:
O amor, a natureza, as amizades...
Escrevo tentando buscar minha paz nestas verdades
e dividi-las com quem possa.
Com a alma livre, sinto sede de expressão.
Se assim ou de outra forma não o fizer,
perco-me e até morro em mim.
por isso, sempre peço que aceitem
a minha sensibilidade
como sendo o que tenho de melhor.

Wellington Ribeiro

Inspirações


Maio 09, 2004

Maio 14, 2004

Maio 15, 2004

Maio 16, 2004

Maio 20, 2004

Maio 22, 2004

Maio 29, 2004

Junho 05, 2004

Abril 14, 2005

Março 04, 2007

 29.5.04

Tipos de amizade


Amizade fraternal
Para quem gosta de Natal
Amizade de recurso
Para quem quer "amigo urso"
Amizade colorida
Para quem está de bem com a vida
Amizade eventual
Para gosto virtual
Amizade particular
Para quem precisa confidenciar
Amizade de fim de carta
Para quem gosta de vida farta ("de amigos")
Amizade à primeira vista
Para quem precisa (ou não) de oculista
Amizade interesseira
Para deixar na perambeira
Amizades ruins
Amizades boas
Amizades não cruzam nosso caminho à toa
Vêm e vão feito aves de arribação
Tem as que ferem
As que fortalecem o coração
As que dizem, sim
As que dizem, não
Enfim, amizades sejam de que tipo forem
São a ligeira impressão que temos de não
Estarmos sós.

Apelo


Deixa-me ter diante de ti
Na tentativa de merecer-te por inteiro.
Seria o pleno companheiro;
O mais tenaz escudeiro
A proteger-te por fim.

Deixa-me invadir-te com o meu amor,
A toda custa e dor;
Mas só te ter para mim.
Inebriar meu coração
Na louca busca de querer.
E que, também, me queiras
Como te desejo: lânguida e formosa.
Cheirando a rosas
Das mais belas que há.
Então serás o soro para os meus males,
A manhã dos meus dias,
A lua a crescer
Nas fases dos mes sonhos...

Deixa-me ter como teu guia.
Levar-te pela trilha que escolheres.
Embrenharemos mundo a dentro
Escoltados pelo sacramento de viver paixão.
Deixa-me sentir-te seduzida
Como a folha conduzida pelo vento.
Despojada... livre...leve... solta...
Dona de mim.
Deixa o tempo passar
Para me trazeres dentro de ti
Como teu próprio sangue...
Para me fazeres existr
Como teu homem...
Para me dizeres que é assim
Que devidamente me queres...

Recomendações

Adicionar a Favoritos

© copyright 2004  Wellington Ribeiro

webdesign por §¢hªnt®ë