<$BlogRSDURL$>

..::: Verso & Prosa :::..

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

 NOTA PRÉVIA

Uma das coisas que mais me emocionam,
é saber que quase todas as coisas me emocionam.
Entre elas estão algumas especiais:
O amor, a natureza, as amizades...
Escrevo tentando buscar minha paz nestas verdades
e dividi-las com quem possa.
Com a alma livre, sinto sede de expressão.
Se assim ou de outra forma não o fizer,
perco-me e até morro em mim.
por isso, sempre peço que aceitem
a minha sensibilidade
como sendo o que tenho de melhor.

Wellington Ribeiro

Inspirações


Maio 09, 2004

Maio 14, 2004

Maio 15, 2004

Maio 16, 2004

Maio 20, 2004

Maio 22, 2004

Maio 29, 2004

Junho 05, 2004

Abril 14, 2005

Março 04, 2007

 16.5.04

Guardo a flor


Guardo a flor que
Tu me deste
Como guardo para a eternidade
O ato, o fato...

Guardo o carinho,
Toda a singeleza,
A beleza
Da cor da flor e
A terna presença
Do teu olhar delicado no meu.

Guardo-a, em tempo,
Com a sua poesia natural e
Total zelo.

Guardo, ainda,
Junto às pétalas desfolhadas,
Exalando num canto qualquer,
Um aroma que remoça
Lembrando breve estação.




O beijo


Teu beijo me aquece
As entranhas
Como um corisco, à noite,
Rasga o céu.
Teu beijo me dá fogo,
Me lambe, acende
Numa química secreta, indecente.

Teu beijo me intimida
Quando não te posso ter,
Mas, me excita quando te quero inteiro
Num ritual mágico e verdadeiro...

Tua presença


Repouso a tua presença
Nos espaços vagos da minha memória.
Prendendo-te a mim
Pelas rédeas longas do meu pensamento.

Amo-te, ainda,
Mesmo que não te importes.
À noite, saio pelas sombras das ruas
A procurar teu gosto
No beijo frio de outras bocas.
Bocas que nem sei de onde vêm,
Nem para onde vão.

Não sei se sofro e grito,
Se me contento e me engano
Com a onírica presença tua
Repousada
Nos espaços vagos da minha memória.

Recomendações

Adicionar a Favoritos

© copyright 2004  Wellington Ribeiro

webdesign por §¢hªnt®ë